Letras de Leroy - A Fênix Que Não Renasce | BUMBABlog

Letras


Letras de A Fênix Que Não Renasce de Leroy

Más letras de Leroy



Das cinzas as cinzas, do pó, ao pó, sempre serás o rascunho, sempre serás a razão de seu medo...
Tenhas dor, sofra. Dê a luz aos filhos do fracasso.
Faça dele espelho de suas falhas.
O beijo que disfarça seu nojo calou a boca e saciou o momento, mas não há de ser eterno seu prazer.
A carne disfarça a essência da alma.

É o que você tem de melhor.
O que você tem de útil.
É isso que nos resta agora.
É isso que nos resta.

Seja fênix, renasça com a sua esperança, mas saibas de seu destino.
Tu será a fênix que nunca renascerá para a vitória,
pois teu destino...você vê dia-a-dia.
Tu és o filho esquecido de deus, tu és a praga, tu és o estrume, tu és um rascunho, tu és a falha, tu és a perda, tu és a fênix, que não renasce.
Leroy A Fênix Que Não Renasce 577 1206342

Comentarios