Letras de Marcelo Oliveira - O Mesmo Sol | BUMBABlog

Letras


Letras de O Mesmo Sol de Marcelo Oliveira

Más letras de Marcelo Oliveira



O mesmo sol quando encilhei,
Beijou teu corpo, em esplendor.
A mesma luz, quando montei,
Brilhou em ti, na cor do amor
Porque, ao redor, o campo é luz,
Vida em paz... Água e flor.

Depois do adeus, o teu olhar
Espelha a tarde clara:
Romance em alma rara,
Guardião do meu voltar.
E o mesmo sol que beija a lua,
Ficou em ti, chirua,
Roubando o meu lugar.

Um rancho ao sul, de barro e fé,
Guardião do amor que achei em ti;
Meu posto herói que, assim de pé,
Também constrói meu prosseguir.

Partiu o sol quando voltei,
Ardeu teu corpo em esplendor
E, frente a ti desencilhei
E a noite viu a cor do amor
Porque, ao redor, o sonho é luz,
Vida em paz... Rio em flor.

Se, então, busquei no camperear
A mesma tarde clara,
Achei tua alma rara
Sonhando o meu voltar.
E o mesmo sol que beija o mar,
Achou, comigo, a lua
No teu amor, chirua,
Guardiã do meu sonhar.
Marcelo Oliveira O Mesmo Sol 24590 1208394

Comentarios